O dentista Douglas Lima queria aumentar o número de procedimentos sofisticados em seu consultório. Sem verba para anúncios ou uma equipe de promotores, Lima decidiu apostar no Inbound Marketing. Para isso, reservou as sextas-feiras para criar conteúdos de interesse sobre as técnicas avançadas que contava para ajudar seus clientes. Em pouco tempo, conseguiu 2.000 interessados, que resultaram em um aumento de 17% no seu faturamento mensal.

Esse é um dos cases apresentados por André Siqueira, da empresa Resultados Digitais, durante apresentação no comitê de Empreendedorismo da Câmara de Comércio França-Brasil de São Paulo (CCFB-SP). Siqueira explicou como o marketing de conteúdo, associado a técnicas de Search Engeneering Optimization (SEO), bem como cadastro em landing pages, pode criar uma verdadeira máquina automatizada de vendas para qualquer tipo de negócio.

A própria empresa Resultados Digitais é um outro caso de sucesso dessa estratégia. De 2014 a 2015, por exemplo, a startup passou por um crescimento de 280% e, de oito funcionários no início, hoje conta com 320 colaboradores. A promessa da Resultados Digitais é transformar as áreas de marketing das companhias em verdadeiros centros de lucros.

Um dos passos iniciais para qualquer empresa adotar o Inbound Marketing é criar conteúdos relevantes para os clientes. Geralmente, esses conteúdos ficam alojados em blogs. O blog da Resultados Digitais, sobre marketing digital, conta com 300 mil visitantes por mês. A maior parte desses internautas, cerca de 90%, não está interessado em comprar um produto ou serviço. A estratégia é começar um relacionamento com cada um deles, fazendo com que o interesse inicial desperte a conscientização sobre o tema e, por fim, uma oportunidade de venda de solução.

O diferencial da Resultados Digitais é o seu software de automação do marketing digital. Por meio dele, qualquer empresa pode verificar a situação do seu site (em termos de SEO), além de estabelecer um ponto de interação em cada fase do funil de vendas, de maneira a identificar cada interessado pelo seu nível de envolvimento com o produto ou serviço ofertado. Assim, quando um contato vai para a equipe de vendas, já conta com um grau elevado de possibilidade de efetivação do negócio.