Pesquisa realizada pela Deloitte em 2012, a pedido do site Comunique-se, revela o tamanho do desafio de criar uma plataforma digital para jornalistas: 77% dos editores e repórteres entrevistados disseram que não visitam salas de imprensa nos sites da empresas.

Por outro lado, 83% dos jornalistas já admitiram ter usado temas nascidos da internet e das redes sociais para pautar seus veículos. Ou seja, uma plataforma digital poderia ser útil também para novas pautas.

A Retoque aproveitou essa situação para desenvolver para a Câmara de Comércio França-Brasil de São Paulo (CCFB-SP) um site independente, na plataforma WordPress, como serviço e possibilidade de diálogo com a imprensa. Desde o início, foi previsto não vincular a plataforma a nenhuma organização diretamente, de modo a evidenciar que o site seria do público-alvo, ou seja, dos jornalistas e blogueiros, não de alguma empresa em específico.

Uma medida do sucesso da iniciativa é a quantidade de seguidores na página do “Clube de Imprensa” na rede social Twitter: mais de 10.000 registrados. Isso confirma o interesse dos jornalistas em usar a plataforma como fonte de pautas e contatos, bem como a aceitação da iniciativa.

Somente durante 2014, mais de 1.000 reportagens na imprensa foram publicadas com colaboração direta da plataforma “Clube de Imprensa”. Isso significa uma média de três reportagens por dia.

Durante 2014, mais de 240 solicitações de entrevistas foram feitas com colaboração direta da plataforma “Clube de Imprensa”. Isso significa uma média de 20 pedidos por mês, quase um por dia útil.

O projeto “Clube de Imprensa: uma maneira de se relacionar com jornalistas” começou como uma ação meramente institucional para a Câmara de Comércio França-Brasil de São Paulo. Porém, com o sucesso da iniciativa, acabou se transformando em um novo serviço para os associados da instituição.

Aproveite e confira nossos e-Books.