Construindo Prestígio, Gerando Influência

Retoque Comunicação comemora seus 20 anos com o lançamento deste espaço de Diálogo e Cocriação

Newsletter

 

Newsletter
São Paulo | Agosto 2017

 

Steve Jobs, fundador e CEO da Apple, sempre foi conhecido pelas apresentações em formato de show para os lançamentos de novos produtos e serviços da empresa. Jeff Bezos, da Amazon, sempre apostou na cultura de rede e no estabelecimento das conexões corretas.

Já Jack Welch, da GE, participava pessoalmente como professor no centro de treinamento da empresa, tendo a oportunidade de conhecer e formar os novos líderes da companhia. Mark Zuckerberg percorreu o mundo para divulgar o Facebook. E Howard Shultz, CEO da Starbucks, elevou o entendimento de engajamento de stakeholders para outro nível de compreensão, transformando a percepção do que seria uma rede de cafeterias.

Veja a seguir cinco lições que cada um desses mestres de gestão têm a dar sobre a construção de prestígio.

Steve Jobs: domine a mensagem
Qualquer um pode ter um produto excelente, mas se falhar na comunicação, é como presenciar um filme escandinavo sem legendas.
Leia mais
 
Jeff Bezos: não esqueça do boca a boca
Na era digital, ficou mais fácil se autopromover e também o negócio. Mais oportunidades para a própria empresa significa mais oportunidades para as empresas dos outros também.
Leia mais
 
Jack Welch: crie uma visão
O ex-CEO da GE acreditava que criar uma visão e atrair a equipe para tornar essa visão realidade era o caminho para o prestígio organizacional. Em uma frase, fazer com que as pessoas tenham paixão pelo que fazem.
Leia mais
 
Mark Zuckerberg: relacionamentos resolvem problemas
Os responsáveis pelo sucesso, ainda no começo do Facebook, não foram apenas Mark Zuckerberg e Eduardo Saverin, celebrizados no filme A Rede Social. Deve-se lembrar também de uma rede de amigos, incluindo o fundador do Napster.
Leia mais
 

 

Howard Schultz: crença no marketing da experiência
MA Starbucks constrói a sua marca de uma maneira muito incomum — não por meio de publicidade ou marketing — mas essencialmente da experiência”, acredita Howard Schultz, CEO da rede mundial de cafeteria.
Leia mais

Acesse aqui

Acesse aqui

Theme by Anders Norén